Um, dois, feijão com arroz

 


IMG_3820

Sabe quando você espera umas seis pessoas para o almoço e, meia hora antes, fica sabendo que o titulo mudou de “Éramos seis” para “Seremos dez”? Pois foi isso o que aconteceu recentemente, num almoço de domingo, lá em São Francisco Xavier, onde costumo passar os finais de semana. Minha primeira reação foi de alegria, pois eram todos amigos queridos, e eu adoro cozinhar para os amigos (aliás, essa é minha grande motivação).

Mas o que era mesmo que eu tinha programado para o almoço? Ah, é verdade, desde a noite de sábado eu havia deixado um belo pedaço de lombo de porco marinando na cerveja preta. Um belo pedaço de lombo que daria bem para umas seis pessoas.

Seis pessoas? Mas seremos dez…
Tudo bem, pensei comigo mesmo. Vamos transformar o que seria um lombo na cerveja com arroz, num verdadeiro prato feito super especial. Mas como?
Vamos ver o que temos na despensa, além do arroz que já estava programado. Maravilha: temos feijão preto e farinha de mandioca. Temos também um belo cacho de bananas recém colhido, no ponto. Também recém colhido na horta, um lindo maço de rúcula. E, na geladeira, ovos, manteiga, bacon. Pronto, pelo menos o cardápio estava montado: arroz, feijão preto, lombo na cerveja, farofa de banana e salada de rúcula. Exatamente como você vê na foto.
Gente, ficou uma delícia. Não faltou nada. E todo mundo comeu muito bem. Para acompanhar, vinho tinto de bom corpo, um cabernet sauvignon argentino, e cerveja tipo ale, que caiu muito bem com o prato. Vamos às receitas, uma a uma.

Arroz: não tem segredo. Usei arroz branco, comum, refogado com cebola no azeite extra virgem. Duas partes de água para uma de arroz. Usei 500 gramas de arroz para 10 pessoas.

Feijão preto: cozinhei o feijão na panela de pressão. Quando ele estava quase no ponto, refoguei, numa frigideira grande, cebola roxa picadinha, 1 dente de alho picadinho, bacon em cubinhos e folhas de louro no azeite extra virgem. Coloquei duas conchas de feijão na frigideira e fui amassando junto com o refogado. Depois de bem amassado e refogado, misturei tudo com o feijão cozido numa panela de ferro. Voltei o feijão, agora já com o refogado, para o fogo, até apurar bem, ficando com um caldo grosso. Acertei o sal. Pronto.

Farofa de banana: coloquei um belo naco de manteiga numa frigideira bem grande de fundo grosso. Quando a manteiga começou a derreter, coloquei a cebola roxa em rodelas e o bacon em cubinhos. Esperei a cebola e o bacon refogarem um pouco e coloquei os ovos, um para cada pessoa. Fui mexendo como se fosse para fazer ovos mexidos. Acrescentei as rodelas de banana. Deixei apurar por uns 3 minutos. Comecei a despejar por cima a farinha de mandioca, mexendo sempre, até o ponto que eu queria, meio úmido. Se secar demais, você pode colocar mais manteiga. Acertei o sal. Pronto.

Lombo de porco na cerveja preta: Deixei de um dia para o outro o lombo, depois de esfregá-lo com flor do sal e pimenta verde seca moída na hora, numa marinada de cerveja preta tipo bock, ou porter, tomilho, orégano, folhas de louro, alecrim e dentes de alho inteiros, com casca e tudo. No dia seguinte, tirei o lombo da marinada e selei-o no azeite extra virgem, na panela de ferro com a qual iria ao fogo. Deixei dourar bem, devolvi a marinada à panela, sem coar, e levei ao fogo baixo, com a panela tampada, onde cozinhou por aproximadamente 4 horas. Quando foi preciso, acrescentei água quente, para não secar. Depois foi só fatiar, quando já estava quase desmanchando, e servir. O alho, nessa altura, já havia virado uma pasta, que pode ser servida junto.

Salada de rúcula: temperada apenas com flor do sal, azeite extra virgem e algumas gotas de limão siciliano.

Agora é só montar o prato como o da foto. E correr para os abraços da galera…
Bom apetite!

1 de julho de 2013

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *