Risoto natalino



IMG_5037

Imagino que se você é daquelas pessoas que gostam de planejar tudo com bastante antecedência, a esta altura, dia 23 de dezembro, já deve ter decidido o que fazer no Natal, tanto na ceia quanto no almoço do dia seguinte.

Já se você é como eu, que decide tudo na última hora, e vive inventando novidade, então acho que você vai gostar deste post. Pensando bem, mesmo que você já tenha decidido tudo, e até comprado os ingredientes, acho que você também vai gostar, pois esse prato que vou sugerir fica bem qualquer dia. Inclusive no réveillon, por que não?

Então, vamos a ele. Estou chamando de risoto natalino. E aí, no próprio nome da receita, já começam as novidades. Porque este risoto não é bem um risoto na acepção da palavra. Pois o risoto verdadeiro, como se faz na Itália, exige o arroz apropriado, arbóreo ou carnaroli, por exemplo, e você tem que ficar cozinhando, e mexendo, e acrescentando o caldo, sem parar, até ficar no ponto. Aqui mesmo no blog você tem um post que dá a receita de um risoto como esse, e que você pode ver aqui.

Já o nosso risoto natalino não precisa de nada disso. Você pode fazer com qualquer arroz branco. Eu prefiro o basmati, indiano, mais macio que o nosso agulhinha. E você não precisa ficar mexendo o tempo todo. É bem fácil, o prato fica lindo como você pode ver na foto, e é delicioso. Eu fiz assim:
Para quatro pessoas, cozinhei duas xícaras, ou 200 gramas, de arroz basmati num caldo de camarão. Como eu fiz o caldo? Fácil. Quando você comprar os camarões, bem graúdos, peça para limparem e reservarem as cascas e as cabeças. Com elas mergulhadas em água fervendo por mais ou menos uma hora, com um talo de salsão, você obtém um ótimo caldo. Retire o arroz do fogo um pouquinho antes do ponto e reserve.

Numa panela de aço, tipo creuset, bem bonita, que possa ser levada à mesa, refogue uma cebola e dois dentes de alho bem picadinhos. Quando a cebola estiver transparente, coloque os camarões em pedaços cortados grosseiramente. Mas não deixe de reservar pelo menos dois camarões inteiros por pessoa para acrescentar no final. Deixe os camarões pegarem uma cor, mais ou menos 3 minutos, e acrescente duas latas de tomates pelados italianos. Por último, acrescente o arroz que você havia reservado, mexa bem, tampe a panela e deixe cozinhar por mais 20 minutos. Não deixe secar demais. O risoto tem que ficar úmido. Não esqueça de corrigir o sal. Agora pegue os camarões inteiros e refogue numa frigideira com azeite e um pouco de sal, por não mais do que 3 minutos de cada lado. Ah, quase ia me esquecendo: cozinhe dois ou três ovos, corte-os em fatias e reserve.

Com tudo à mão, vamos montar o prato, ou a panela. Se a panela que você usou pode ir à mesa, você não precisa tirar o risoto de dentro dela. Caso contrário, coloque o risoto numa travessa bem bonita. Por cima, coloque os camarões inteiros, as fatias de ovos e enfeite com salsinha. Regue com azeite. Está pronto. Agora cada um faz o seu prato. E pode polvilhar parmesão ralado por cima.

Bom apetite  e bom Natal a todos!

23 de dezembro de 2013

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *