Brigadeirão com morangos

 OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Mais do que culinária, gastronomia ou enogastronomia, a verdadeira motivação deste blog é a amizade. Ou o prazer de estar junto aos amigos. Na verdade, cozinhar nada mais é do que um pretexto para momentos privilegiados junto a pessoas que a gente ama. Eu conto uma dessas experiências no post a noite do nhoque.

Por falar em privilégio, antes da receita, dê uma passadinha no post da teoria do privilégio, se é que você ainda não conhece, para entender melhor o que estou dizendo.

Através da rede social, mais especificamente do Facebook, reencontrei velhos amigos e fiz novas amizades. E eu acho que a melhor coisa do mundo, ou uma das melhores, é dividir com amigos, velhos ou novos, nossas experiências de vida.

Foi assim que este blog já ganhou a colaboração da minha querida prima Ana Maria, no post a verdadeira ficazza, do meu irmão Vicente, no post o bacalhau do Vitché, e da minha amiga Lucia Cucci, no post tomate é fruta?. Sem falar no Jorge Martinez, que alem do nhoque já nos deu uma maravilhosa receita de porchetta!

Pronto, chegamos ao post de hoje. Ele é resultado de uma nova amizade, a Monica Dias, que eu conheci fazendo um curso na Escola São Paulo. E sobre o que é o curso? Não, nada a ver com culinária ou gastronomia. É sobre redes sociais… Bom, chega de história. Passo a palavra para a Monica descrever o passo a passo dessa maravilha:

 Ingredientes

3 ovos
1 lata de leite condensado
1 lata de creme de leite
1 xícara de chá de chocolate em pó (de boa qualidade e não é achocolatado)
1/4 de xícara de chá de açúcar
1 colher de sopa de margarina

Como fazer

Todo mundo pro liquidificador. Primeiro bato os ovos para não ficarem com cheiro forte no final.
Forma untada com margarina.
Asse durante uns 13 minutos no microondas, potência alta. Depois dos 8, abro de 2 em 2 minutos e espeto um garfo para ver se já ficou durinho ou se ainda está muito líquido. O tempo exato depende de cada micro.
Desenforme ainda morno e cubra com chocolate granulado, castanhas, pistaches, amêndoas, a gosto do freguês.
Os morangos são só frescura…

Viram como é fácil. Embora a Monica diga que os morangos são só frescura, acho que eles são fundamentais para deixar o brigadeirão tão bonito e com essa cara deliciosa.

 Bom apetite!

21 de setembro de 2013

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.