A sofisticação ao alcance de todos

Cansei de ouvir amigos e amigas dizendo “não sei nem fritar um ovo”, “não sei cozinhar nada”, “nossa, como é difícil…” Em primeiro lugar, meus queridos e minhas queridas, fritar um ovo não é nada fácil… Em segundo lugar, se você não gosta da cozinha, esquece: você não vai cozinhar nada mesmo.
 Em terceiro lugar, se você gosta, fica feliz quando alguém elogia o que você fez, seja lá o que for (um ovo frito, por exemplo), não há limites! Ou melhor, o céu é o limite.
Veja por exemplo este prato que estou sugerindo aqui. É sofisticadíssimo: salmão dourado ao limão cravo com cobertura de geléia de pimenta, guarnecido de salada de rúcula. Nossa, muito difícil, não é mesmo?
Nada, minha querida, meu querido. Acabei de fazer, em menos de 15 minutos. Claro que você deve ter disponível um pedaço de salmão. Eu sempre tenho, congelado, no meu frezer. Não é salmão defumado, não. É salmão fresco. Se você puder comprar na hora, melhor ainda.
O que mais? Limão cravo, hoje em dia fácil de encontrar entre os produtos orgânicos de qualquer supermercado. Eu tenho o privilégio de tê-los o ano inteiro, aqui em casa, em São Francisco Xavier. Rúcula e geléia de pimenta. A rúcula tem na quitanda. Já a geléia de pimenta eu usei a da Maly Caran, aqui de São Francisco Xavier. Mas você encontra em qualquer supermercado a da Cia. das Ervas, que é muito boa. Então, mãos à obra.
Salmão ao limão cravo com cobertura de geléia de pimenta.
Como o prato era para duas pessoas, peguei uma posta de salmão que podia ser dividida. Temperei-a com um pouco de flor do sal e limão cravo.
Importante: o salmão deve estar com a pele!
Esquentei, numa frigideira refratária, duas colheres de azeite de oliva extra virgem. Quando estava bem quente, coloquei a posta de salmão, com a pele para baixo. Deixei dourar bem, por cerca de 5 minutos. Virei do outro lado, com a pele para cima, e deixei outros 3 minutos. Coloquei mais uma vez com a pele em contato com o azeite, por 2 minutos.
Enquanto isso, já tinha preparado, no prato onde a posta de salmão seria servida, uma cama com rúcula temperada apenas com sal e azeite. Por fim, coloquei sobre a posta de salmão, do lado contrário à pele, uma generosa camada de geleia de pimenta. E depositei, delicadamente, sobre a cama de rúcula.
Ficou lindo, como você pode ver pela foto. E delicioso, como você não pode ver pela foto. Você pode acrescentar arroz, e aí eu sugiro um basmati, sem tempero, só sal. Eu servi com um pinot noir. Mas pode ser com um branco, um chardonnay, por exemplo. Você escolhe.
Bom apetite!
23 de junho de 2012

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.